quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Nada de sol por aqui!

Aquela esperança do noticiário, que hoje, quarta, seria um dia mais aquecido (rs) foi por terra...está frio ainda, mas sem chuva. O céu está bem nublado e sem sinal de  sol pintar por aqui. Fazer o que? Nada...manter os casacos no corpo e fora do armário. 


Inverno é, para mim,  elegância e bom gosto. Tonalidades mais discretas. Gosto do frio (mas sinto falta da calefação), gosto da moda direcionada para essa estação. Com certeza é uma questão de gosto, de identificação... Não sou muito fã do calor de 40º...mas compreendo quem goste. Inverno tem dias de sol com temperatura baixa, não necessariamente esse céu sem muita expressão. Ainda teremos alguns dias de baixa temperatura para frente, a primavera é a próxima. 




Como sempre escrevo por aqui, amo meu santuário, meu lar. Cada pedacinho aqui tem minha presença, minha escolha, meu toque pessoal. Passeio por ela, não apenas habito-a. Hoje separei algumas de minhas companheiras de boa ideias, minhas revistas. Elas me acompanham alguns anos, e por mais que já tenha tempo que as comprei, as cores, estilos, opções de decoração não sofreram grande alterações. 

A base é aplicável a qualquer ideia que a mesma me inspire.  Consegui uma inspiração para algo interessante que poderá dar um aconchego na minha cozinha, como desenvolver meu tom no artesanato, pois o mesmo anda um tanto parado. Vamos ver como vai ser...




Flores são sempre bem vindas em casa. Tenho um gostar especial pelas flores do campo, acho de uma leveza enorme, pelo menos elas me passam isso. São as minhas preferidas. Sempre que as tenho em algum jarro vou trocando sua água e limpando suas folhas e pétalas, até não ter como tê-las mais. 

Essas já estão na sua reta final, mas estão lá, na sala, sobre a mesa, me dando bom dia todos os dias.



Embora ela não seja um "gift" para a casa ou na casa, e sim meu amor...não poderia deixar de colocá-la aqui no dia de hoje. Minha Shelby amada, sempre companheira de todas as horas. Lá se vão 7 anos juntas...



Para quem fica, beijos

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Hoje tá demais...




Caramba que frio!!! Hoje o inverno está castigando, aliás, desde ontem. Estava prevista essa queda de temperatura nesses dois dias, mas quando chega percebemos que nunca estamos preparados para isso. Tá muito frio mesmo.

Ontem fiquei até tarde navegando pelo blog e consegui chegar até 2010, são 7 anos de registros, muita coisa. Bom demais reviver histórias, ver lugares, objetos, casas, decoração, tantas coisas que já passaram pela minha vida. Ver os filhos menores, suas aventuras e experiências. Tantas coisas boas se passaram e deixaram a saudosa sensação de algo bem vivido, essa é a beleza da vida. Eu vejo assim.
A experiência foi tão bacana que trouxe de volta para o blog, as chamadas que gosto de escrever por aqui...Assim voltou esses títulos vermelhos, vamos de alma feminina (um pouco de nós) à decoração e outros assuntos.  



                  Valeu tantas horas de leitura e passado, ele foi um tempo feliz, com certeza foi.





Me apaixonei por essa imagem, em um pequeno espaço podemos concentrar tantas coisas que são importantes no nosso dia. Anotações de situações que não podemos esquecer, as chaves, listas, um lugar para deixar o sapato do dia e a bolsa, e até mesmo dar uma sentada e descansar.

Esses pequenos espaços são de uma praticidade enorme, e só percebemos isso quando começamos a usa-los. Tenho um lugar na sala que seria muito bom poder aproveitar essas ideias e incrementar o mesmo com utilidades dessa natureza.

Fica a dica registrada para que a imaginação possa começar a fluir. Adoro isso, deixar fluir as ideias em prol de nosso melhor viver.




Beijos nos vemos mais tarde!


segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Naveguei longe...

Depois de fechar os trabalhos, abri o Blog para tentar encontrar uma imagem, e fui navegando até 2010 sem me dar conta.  Pude mais uma vez ver que o universo conspira de verdade quando as situações são desejadas e o caminho precisa ser de realização.

A primeira situação que encontrei foi a expressão "Alma Feminina". Em 2011 eu tinha uma coluna no Blog onde  escrevia sobre reflexões pessoais (coisas de nós mulheres), essa coluna  tinha esse nome. Passaram alguns anos, voltei ao Brasil, e surge em minha vida um Projeto que leva o mesmo nome. Sinceramente não me lembrava de ter esse nome em uma coluna do Blog anos atrás quando decidi pelo Projeto, foi mesmo uma surpresa.



O Projeto Alma Feminina nasceu em 2015, completou 2 anos em Agosto. Um trabalho direcionado à mulheres, já foram mais de 180 participantes. Muitas histórias, experiências e registros importantes nessa caminhada.

O que era meu, passou a ser de muitas. Ler no Blog esse nome lá atras, foi mágico. O universo conspirou sim.

A outra situação que encontrei foi o sonho da casa, que tivesse uma aconchegante varanda na frente...Uau!!! Isso foi em 2010. Olha a imagem:



Moro em uma casa que tem uma aconchegante varanda na frente, e tenho os cães abanando o rabo, os pássaros, só falta a criança...

Caramba...novamente o que desejei lá atrás foi concretizado. Está aqui na minha vida, na minha história. Muito bom poder ler e ter mais certeza que somos responsáveis por tudo que desejamos, pela nossa energia, pelo nosso  contexto. O universo é regido pelos nossos desejos, precisamos saber desejar.

Seguem os animais e a varanda...



Beijos


É segunda!


E hoje começa a semana atravessada de um feriado já nessa segunda. Dia do comércio... Nem vou falar sobre meu entendimento a respeito dos feriados que temos, hoje quero harmonia rs. Mudando de assunto -  está um frio daqueles, um vento daqueles, e parece que o inverno resolveu nos dizer "Hei ainda estou por aqui, não se animem com o calorzinho não!". Bora tirar os casacos do armário.

Hoje tirei o dia para organizar o projeto, pautas importantes para a pagina, imagens que possam ilustrar isso. Rascunhar algumas atividades que serão uma nova parte do projeto em ação.  Para que tudo isso  aconteça, preciso acelerar esse processo, e deixa-lo organizado a partir de hoje.

Gosto muito de trabalhar em casa, ter um espaço com tudo que preciso para trabalhar meus projetos, ter organização, disponibilidade de horário, paz de espírito, liberdade, aconchego, música e estar perto de ambientes que eu possa despertar minhas ideias.

Não sei se acontece com vc, mas comigo sim. Chega uma hora que eu preciso sair do que estou fazendo, prender minha agilidade em outra situação, e trabalhar em casa facilita isso, pois estou dentro de um ambiente em que posso fazer muitas outras coisas ao mesmo tempo.

Hoje pensando nessa organização de atividades que quero rascunhar para essa nova fase do projeto, cheguei em um momento que precisava sair do ambiente e deixar as ideias fluírem, estar envolvida em outra situação...fui fazer um bolo...rs



Foi a pausa que eu precisava, e pronto!!! O pensamento organizou as ideias e o ritmo voltou como precisava. Acredito que o bolo vá ficar bom rs....!

Outra situação que também me agrada muito trabalhar em casa é poder receber boas companhias amigas por aqui. Faz bem para as ideias também. Bem, vou voltar a tocar as coisas por aqui, pois hoje tem muita anotação para ticar como cumprida!



Volto mais tarde, beijos!

domingo, 20 de agosto de 2017

Dia de colheita!

Alguns dias se passaram, e a vida vai voltando ao seu normal. Organizando os trabalhos, a casa, a saúde, a família, tudo que precisa assentar à sua normalidade. Foi um stop longo, e isso não é uma rotina para mim.

Tenho cozinhado bastante nesses últimos dias em casa. Inventando temperos, receitas, abusando dos legumes e verduras, uma gastronomia mais saudável acampou por aqui.  O frio também tem diminuído sua força, temos tido dias mais quentinhos. Isso é mais animador.

Tenho curtido mais os animais, brincado mais com eles. Muita bolinha sendo lançada a longa distância, e lá voltam eles, a galope, com ela na boca. Bolinhas de todas as cores e tamanhos por aqui.

Meus dias tem sido calmos, e eu também tenho estado com a vida mais calma, no ritmo que preciso e sinto vontade de estar. Sinto que a cada dia recupero um pouco mais da velha rotina, porém não quero a mesma de volta, muitas situações precisam serem mudadas, e serão.

Toda experiência vivida nos deixa sempre um aprendizado, e é exatamente isso que precisa ser mais importante - olhar a experiência e valoriza-la, tirar dela o melhor que puder somar ao que somos, vivemos e temos.

Estou em paz comigo mesma, feliz por ter percebido tantas coisas que a correria não havia me permitido observar. Animada para as coisas novas que chegam e mais animada ainda para essa construção necessária. Muitos livros serão fechados e novas páginas escritas, isso faz parte e é importante na caminhada da vida.

Hoje tive colheita por aqui, colhi da horta a primeira folhagem. Foi muito bom cozinhar o que foi tirado da terra, da nossa terra. O cheiro, o sabor, o cozimento,  são completamente diferentes, engraçado isso rs.


Que venha a nova semana!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...